segunda-feira, 31 de maio de 2010

UM DEUS DE RECOMEÇO! (Jr 18.1-12)

Deus fará algo na vida de cada um neste lugar, amém?
O texto que lemos me fez lembrar quando era criança, lá pelos 12 a 13 anos, trabalhei em uma cerâmica na cidade de B.Guandu (E.S) e também numa olaria, isso mesmo, numa olaria, ajudando a tirar o barro para o oleiro fazer todo o tipo de trabalho em vasos, jarras, filtro de água (filtros esses que usamos em nossas casas), etc.
O interessante é que, o modo como se fazia um vaso de barro há dois mil anos atrás é exatamente o mesmo como se faz hoje. Eles tomavam a argila, que é basicamente água e barro, mistura essa que se torna a matéria-prima que o oleiro usa para moldá-la, rodá-la, dar-lhe forma.

Depois coloca esse barro numa roda giratória, e começa a girar e a girar. A habilidade do oleiro se manifesta em segurá-la, dar-lhe forma até que ela tenha a forma intentada pelo oleiro.
Deus toma esse exemplo do dia-a-dia da vida para ensinar a Jeremias e a nós como Ele lida conosco.

Nesse texto encontramos três personagens importantes: O oleiro, a roda, e a argila (o barro).
Você pode não perceber, pode não ver, pode não sentir, pode não acreditar, mas a história do oleiro ilustra muito bem como Deus toma a nossa vida que é exatamente como o barro, e nos molda, dá-nos forma, e se nós o permitirmos Ele fará de nós um lindo vaso apropriado não apenas para o uso terreno, mas também como instrumento para a eternidade.



É bom lembrar que, o foco da história aqui não está no barro, ele não é a estrela. O foco da história não é a roda, nossa vida não é a grande questão.
O foco da história está no oleiro, como ele toma o barro, e o coloca na roda e o torna útil e belo, porque é o oleiro que dá forma ao barro.


Quando você percebe que você é o barro, e o oleiro é Deus e sua vida é a roda, você descobrirá que com Deus na sua vida existe a possibilidade de uma nova esperança, haverá sempre a possibilidade de Deus fazer algo na sua vida porque, assim como o oleiro pode tomar um pedaço de barro e fazer dele algo belo, Deus pode fazer a mesma coisa em sua vida e na minha, amém?
Quero meditar com os amados três razões porque em Deus temos uma nova esperança?
A Primeira Razão é que DEUS ESTÁ SEMPRE TRABALHANDO EM MIM
Veja o verso
2 e 3: “Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas”... Deus quer dizer a Jeremias: “Isto é simbólico, o oleiro me representa, Jeremias.”
Isto é claro no verso 6: “Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o YHWH. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel”.



Diz à pessoa ao seu lado: Você é um pedaço de barro.
Talvez você pensa que tem o controle de sua vida, pensa que tem o controle da situação, mas Deus tem você em Suas mãos, está sempre trabalhando em você.
Deus tem um propósito para você. Você não é um acidente, você não apenas apareceu aqui, Deus tem um plano e um propósito para você. E Ele o cumprirá, amém?
Não se sinta ofendido por Deus chamá-lo de barro, que isso não fira seu ego. A razão porque Ele o chama de barro é que você é valioso para Ele.



Como o barro representa você, o oleiro representa Deus, o que representa a roda? Vida. Representa o que acontece na vida, as lutas.
Você já sentiu como se estivesse andando em círculos? Você está! Porque Deus todos os dias coloca você na roda chamada vida e as coisas que acontecem parecem acidentes, mas acidentes não acontecem, porque Deus está atento. Não há coincidências; há providências. Não há acasos; há propósito.



Em seu caminho vêem boas coisas, más, ruins, não importa. Deus disse: “Tudo bem, vou usar isto em sua vida”.
A cada dia quando sua vida gira, Deus o tem na roda, com Suas mãos, moldando-o, dando-lhe forma e transformando-o em Sua imagem. Deus tem o completo controle de todo evento que ocorre em sua vida e na minha vida. Os bons, os maus, os doces, os amargos, os maravilhosos, os horríveis.
Às vezes ficamos frustrados. Levantamos pela manhã esperando ter um grande dia e as coisas parecem desandar. Chegam desilusões, ficamos desencorajados, às vezes amargos com Deus, perguntando “porque isso aconteceu comigo, porque isso entrou na minha vida.”
O que você está fazendo?
O problema é que você se foca na roda. Tira os olhos do oleiro. Se você der a Deus tempo e confiar nEle para fazer o melhor, Ele tomará todas as coisas que acontecem em sua vida e fará algo grande.


Diga assim: Deus está sempre trabalhando em mim.
Deixe Deus trabalhar em você, moldar você...Eu e você nascemos para isso, para agradar a Deus, para sermos moldados por Deus!
A Segunda razão porque em Deus tenho uma nova esperança é que DEUS ESTÁ SEMPRE OPERANDO O QUE É MELHOR PARA MIM
A história toma um novo rumo. No verso 4
diz que assim como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. 

Às vezes o oleiro tem um problema com o barro. Ele está trabalhando nele, moldando-o na roda e de repente Ele pára. Há algo errado no barro, uma imperfeição, uma rachadura, uma falha, uma pedra, uma palha, algo estranho.


Quando algo está errado com o barro duas coisas podem acontecer:
I. O oleiro pára, amassa o vaso, vai com os dedos procurando o defeito, tira-o e volta à roda e começa tudo de novo.



II. Enquanto o oleiro molda o vaso, suas mãos sentem que algo não está bem. Alguma pedra ou lixo. O oleiro disse que poderia ajeitar e encobrir a imperfeição, ninguém veria no vaso, mas ele disse: “Este é meu vaso. Quando eu vendo eu dou garantia e quero oferecer a melhor peça que eu posso”.
Portanto, eu e você não podemos ver a pedra, nem senti-la, mas Ele sim.

Essa pedra é o algo escondido em nossa vida, aquilo que nos marca, que bagunça nossa vida. O pecado é algo estranho.
Todos sabemos que há pecados em nossa vida, mas às vezes até pensamos que não seja pecado. Às vezes nem sequer vemos as nossas próprias faltas. Todos somos mais marcados e temos mais faltas do que imaginamos. Não vemos nossas próprias faltas.



Você não conhece o seu coração. Só Deus conhece o seu coração. Às vezes Ele vê faltas em sua vida que nem você pode ver. Às vezes ele vê uma pedra, manchas, pecado, problemas que você não pode ver.

Davi diz algo admirável no Sl 19.12: “Quem pode entender os seus erros? Expurga-me tu dos que me são ocultos”.

Eu descobri que tenho problemas que eu nem sabia que tinha. Eu tenho pecados que nem sabia existir. Há faltas operando em mim que eu desconhecia.



Você pode estar dizendo “Eu gostaria que Deus estivesse trabalhando em minha vida, mas Ele não está.
Hey, você já imaginou que, se Deus não está fazendo mais em sua vida é porque Ele não pode fazê-lo?



Talvez você está aí se espremendo, se estrebuchando, se agarrando naquele lado escuro, naquela impureza, naquele pecado, e quem sabe Deus está dizendo para você: “Tire-o, para que Eu possa preservar o belo vaso da sua vida”.
Deixe-me dizer como Deus trabalha em sua vida: Deus não trabalha para você até que ele trabalhe em você. Deus não trabalha em você a menos que você o permita.

Você pode tomar a atitude e dizer: “Eu quero que Deus opere em minha vida de tal modo que Ele tire o maior benefício de minha vida para Sua glória”.
Se você toma esta atitude a primeira coisa que Ele fará é que começará a tirar toda impureza da sua vida. Há três coisas que devem acontecer a um vaso antes que Deus o use:



1. Ele deve estar disponível.

2. Ele deve estar vazio

3. Ele deve estar limpo.
Se o vaso não estiver disponível Deus não pode usá-lo. Se o vaso estiver cheio de si mesmo, Deus não pode usá-lo.
Se o vaso estiver sujo, Deus não pode usá-lo.
Ele dirá: “Aqui está o que Eu farei. Tenho que esvaziá-lo; Depois tenho de limpá-lo.



Às vezes o barro não pode ser usado porque tem pecados, problemas. Mas às vezes o vaso se torna tão duro, tão seco, que se recusar a submeter-se ao oleiro.
Quando o barro se recusar a submeter-se, endurecido, o que o oleiro terá de fazer? Ele tem que tirá-lo da roda e desfazê-lo para se tornar maleável e recolocá-lo na roda e fazer o que Ele intenta fazer.



A razão porque às vezes Deus permite que venham tempos difíceis em nossa vida, aquelas coisas sobre as quais você fica frustrado e se ira contra Deus. Quando isso acontece, então Deus diz: você está tão endurecido, terei de quebrá-lo, derretê-lo para levá-lo de volta à roda e fazê-lo conforme planejei.

Quando Deus está trabalhando em você Ele sempre fará o que for melhor para você.

Diga assim: Deus está sempre trabalhando em mim.

Diga também: Deus está sempre operando o que é melhor para mim.



Isso é real na sua vida?
A Terceira razão porque em Deus tenho uma nova esperança é que DEUS ESTÁ SEMPRE DISPOSTO A RECOMEÇAR COMIGO



A melhor parte está no verso 4: “tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer”.


Quando o oleiro vê que o barro está duro, marcado, Ele não tem outra escolha. Ele tem que lançar fora porque não consegue fazer o que deseja. O barro não se submete.
Escute essas seis palavrinhas: tornou a fazer dele outro vaso.

Você pode dizer: “Você não sabe em que bagunça eu me encontro e diz haver uma nova esperança?” Você não imagina quão profundo é o lado escuro de minha vida”. Você não sabe quantas vezes já meti minha vida em apuros”. Você simplesmente não sabe quão mau eu sou. Realmente, eu não sei.



Mas, não importa. Ouça novamente “tornou a fazer dele outro vaso conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.”



Diz à pessoa ao seu lado: Deus é um Deus de recomeço!
Veja esta palavra “então”. Esta palavra está cheia de amor e paciência, cheia de bondade, cheia de graça e cheia de fidelidade.

Eis o que o oleiro fez:
“Conheço, suas marcas, suas feridas, seus desajustes, você está cheio de pedras. Você ficou tão duro, tão doente, tão determinado em seguir seu próprio caminho da sua maneira. Mas Eu sou o oleiro e Eu amo o barro. Amo o desafio de tomar um barro marcado, duro e quebrar aquele barro, derretê-lo, colocá-lo na roda e fazê-lo conforme meu propósito e fazer algo belo”.


Aleluia, este verso me diz que não existe barro tão marcado, tão sujo, tão defeituoso, tão duro que Deus não possa detectar, afetar, corrigir e dirigir de tal modo que se torne algo belo.



Há um Deus no Trono, não importa quem é você, como está você, há em Deus uma nova esperança.
Nunca é tarde demais para recomeçar. Enquanto você estiver disponível Deus estará pronto para recomeçar com você, porque Ele o ama tanto, porque Ele tem um plano tão lindo para sua vida em qualquer tempo que você se voltar para Ele. Enquanto Deus estiver no trono haverá uma nova esperança para você.
(Mensagem ministrada pelo Pr. Conde no culto à noite, do dia 30 de Maio no templo da IBBSH).

Um comentário:

Pr. Ronaldo Mendes disse...

Olá, Querido Pastor, sigo seu blog e suas atualizações de postagens etc.

Gostaria se possível fazer parte de sua lista de parceiros para minhas atualizações. E divulgarmos juntos o nome de Yeshua. Ok!

Obrigado!
Pr. Ronaldo Mendes
www.cvnyeshua.blogspot.com

LinkWithin

"Poderá gostar de:" Related Posts with Thumbnails