segunda-feira, 25 de abril de 2011

DEUS TEM ALGO NOVO PARA A SUA FAMILIA (Ap 21.5)Jó 1:1 a 5
O livro de Jó nos relata as aventuras e desventuras da família de um homem muito rico e bem sucedido do Oriente, que tinha sete filhos e três filhas. E irmãos, cá entre nós, todas as famílias estão suscetíveis às dificuldades. Não há nenhuma família que possa dizer que não tem problemas, que não tenha passado por dificuldades, ou que nunca passará por privações.
Dificuldades fazem parte da vida na terra. Desde a queda do homem no Jardim do Éden, cedo ou tarde todos os seres humanos terão de se deparar com as dores das perdas. Dificilmente alguma família passa por tantas dificuldades quantas as que a família de Jó atravessou.
Mas quando lemos o livro de Jó, percebemos que essa família passou por algumas privações mas no final, Deus os abençoou tremendamente. Vamos examinar com lentes espirituais três características dessa família que a fez ser uma família abençoada.
1a Característica: O chefe dessa família era um homem temente a DeusA Bíblia não diz se a mulher de Jó era temente a Deus, não fala se seus 10 filhos eram tementes a Deus, mas fala que Jó era. Isso faz lembrar o que Paulo disse ao carcereiro de Filipos: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo tu e a tua casa (At 16:31).
Há uma promessa de Deus não apenas para nós, mas elas se estendem às nossas famílias.
Diz à pessoa ao seu lado: A minha e a sua família tem essa promessa
A Bíblia dá testemunho no livro de Jó 1.1 que Jó era temente a Deus. A história de Jó já é contada sob a perspectiva de algo que aconteceria com a família de um homem que temia a Deus. E irmãos, temer a Deus é algo que faz toda a diferença. O princípio da sabedoria é o temor ao Senhor.
O que faz a diferença de nossas famílias para as outras é o temor ao Senhor.
2a Característica: Porque temia a Deus, Jó santificava seus filhosSe por um lado, a Bíblia não informa se a esposa e os filhos de Jó eram tementes a Deus, por outro lado ela informa que Jó os santificava (v 5). Mas porque isso é importante? Porque mostra que Jó se preocupava com a vida espiritual de sua família.
Ele não se preocupava apenas com sua própria situação espiritual. A situação de sua família como um todo era importante para ele. Sua vida espiritual era algo prático. Não uma teoria vazia. Ele envolvia a família nesse relacionamento com Deus.
3a Característica: Jó tinha uma vida equilibradaEle não apenas tinha uma grande fortuna. A Bíblia fala que muita gente trabalhava pra ele. Mais pra frente quando as tribulações se abatem sobre ele, Jó questiona a quem ele defraudou ou a quem ele se recusou a ajudar.
Jó tinha uma relação sadia com as riquezas. Deus o abençoou, mas essas riquezas não dominaram seu coração. Quando Deus tirou tudo, ele afirmou: - o Senhor deu, o Senhor tomou, bendito seja o nome do Senhor (v 21).
Famílias cuja estabilidade está depositada nos bens materiais, são como a casa construída na areia, da qual Jesus falou - quando a tempestade vier, não resistirá.
Alem das características que encontramos na família de Jó que fez com que fosse uma família abençoada, encontramos também 4 tragédias que ocorreram com essa família.
1a tragédia: Morte de todos os filhos no mesmo dia (v.18 e v.19)Como você ficaria se no mesmo dia morressem todos os seus filhos? Imagina como deve ser angustiante fazer o velório de dez filhos de uma vez? Dez caixões um ao lado do outro.
E não eram crianças esses filhos, já eram adultos, porque já tinham suas próprias casas. Numa época em que ter filhos era a coisa mais importante para uma família, você pode imaginar a dor de ter todos os filhos mortos de uma vez?
2a tragédia: Arruinados financeiramente. Perda de todos os bens (v. 15, v. 16 e v. 17)Existem famílias que se desestruturam totalmente quando tem grandes perdas financeiras. A família de Jó não teve apenas grandes perdas, ela perdeu tudo num dia só. Além de todos os filhos, todos os bens num só dia. Ficou pobre do dia pra noite.
Imagine você. Imagine que você seja a pessoa mais rica de seu Estado. Você é convidado para as festas mais cobiçadas da Alta Sociedade. Você é considerado um exemplo de administração para todos.
De repente você perde tudo. Além da questão prática de ter ficado sem nada, imagine a vergonha de não ter conseguido preservar o que você tem?
3a tragédia: A enfermidade chegou àquela famíliaA Bíblia fala que Jó tinha febre. Sua pele ficou purulenta. Ele exalava mal cheiro. Tinha que se coçar com caco de telha. Na verdade Jó se tornou um mendigo (já que perdeu tudo) doente e mal cheiroso. Nesse momento, a pessoa que trazia estabilidade espiritual para a família estava num estado crítico.
Você já viu famílias assim? Em que existe uma pessoa ali que é a responsável pela estabilidade da família? Todo mundo naquela família é meio problemático, mas ela sempre está resolvendo as coisas ali?
Pois bem, e quando essa pessoa fica numa situação ruim? Quem é que pode ajudar? Foi o que aconteceu com a família de Jó. No entanto, ainda assim essa família resistiu.
4a tragédia: Problemas conjugais à vistaJó estava pobre, doente e mal cheiroso. Foi quando a mulher de Jó chegou nele e disse: - amaldiçoa a Deus e morre (2.9). Temos uma tendência a espiritualizar essa frase porque ela cita Deus. Mas o fato é que ela falou pra Jó morrer e não para os dois (ela e Jó) morrerem.
Veja bem, aquela mulher estava vivendo a dor de ter perdido os filhos recentemente, a dor de ter perdido todos os bens também. O que ela estava dizendo que era melhor ficar viúva também. As coisas chegaram a tal ponto entre eles que ela achou que ficar viúva não ia fazer diferença pra ela, aliás até mesmo pra Jó ia ser bom, porque ele ia deixar de sofrer.
O fato é que o relacionamento conjugal havia se deteriorado. Como você pode abraçar ou beijar um homem completamente coberto por chagas? O relacionamento sexual entre eles acabou. Ou você acha que dava pra ter intimidade conjugal com Jó naquele estado?
E você, como você se sentiria se seu companheiro chegasse até você e dissesse: - acho que seria melhor pra todo mundo que você morresse? Foi o que Jó ouviu.
Mas, aleluia, essa família além das tragédias, ela permaneceu firme.
Além das características e tragédias que encontramos na Palavra de Deus sobre essa família, podemos encontrar 4 diferenciais que trouxeram vitória para essa família.
E o 1o diferencial é que: A família de Jó era uma família que tinha amigosQuando os amigos de Jó souberam o que tinha acontecido foram consolá-lo. Talvez depois de você ler todos aqueles discursos dos amigos de Jó, você seja uma pessoa que questione a intenção deles. Mas Jó 2.11-13 diz que eles foram até ele pra consolá-lo, e viram que a dor era tão grande, que ficaram SETE DIAS E SETE NOITES sem pronunciar nenhuma palavra.
Uma perguntinha pra você: Algum amigo seu faria isso por você? Ficaria sete dias e sete noite ao seu lado, você tendo virado um mendigo doente e mal cheiroso?
Não me admira que no final, é por eles que Deus manda Jó orar, e nesse momento da oração tenha sido virado o cativeiro dele. Quando até mesmo a mulher de Jó estava desistindo, os verdadeiros amigos chegaram para consolar. Foi com eles que Jó desabafou.
Pode ser que eles não tenham feito muita coisa, mas com certeza impediram que Jó tenha ficado com sequelas psicológicas, porque Jó pode desabafar com eles.
Tenha amigos fiéis, amigos que o ajude, amigos com quem você possa contar. Amigos que podem até trocar os pés pelas mãos, mas que sejam leais. Se você não mantiver amigos na família que você constituir, quando a adversidade chegar, a situação pra você vai ficar muito difícil.
2o diferencial que trouxe vitória para a família de Jó é que: Jó não guardou mágoa de sua esposaComo sabemos disso? Porque ele teve com ela outros dez filhos. E não dá pra ter tanto filho assim com uma mulher com a qual você esteja magoado.
Você é uma pessoa que perdoa? Ou você é daqueles que "joga na cara"? Que diz pra ela: - é, quando eu fiquei pobre e doente você queria que eu morresse. Jó não fez isso. Em vez de jogar na cara da mulher o que ela havia dito, ele deu um “chega pra cá” nela e teve mais 10 filhos com ela.
Ele deixou o passado pra trás e refez sua vida com ela. Isso é o que toda família deve fazer. Não fique cultivando velhos traumas, velhas discussões, velhas mágoas, cure-se do passado.
Deus tem algo novo pra sua família!
3o diferencial que trouxe vitória para a família de Jó é que: Deus tem o poder de restituir tudoDeus deu a Jó os seus bens em dobro. O dobro de carneiros, de ovelhas, de bois, de jumentas. Mas se Deus deu tudo em dobro, porque deu novamente apenas dez filhos?
Veja como Deus é detalhista! Porque filhos não são objetos nem coisas que possam ser repostas, seres humanos não podem ser substituídos, nem pelo dobro.
Quando perdeu os seus filhos, Jó já não devia ser rapaz novo, porque seus filhos eram adultos. No entanto Deus o fez viver a ponto de poder brincar com seus tetranetos. Saiba de uma coisa, às vezes Deus nos prova, porque quer nos dar tudo em dobro. Ele está procurando um bom motivo pra nos abençoar, e a provação é um bom motivo.
4o diferencial que trouxe vitória para a família de Jó é que: essa família teve uma REVELAÇÃO DE DEUSSerá que receber tudo em dobro, ter outros dez filhos, poderiam apagar a lembrança do sofrimento de Jó? Poderiam fazê-lo esquecer da dor de perder os primeiros dez filhos de uma vez? Sinceramente creio que NÃO.
O fato de voltar a ter tudo não apagou o sofrimento daquela família. Os dez filhos novos que lhe foram dados é apenas para lembrar que Deus pode reconstruir o que parece ser impossível fazer. Qualquer família pode ser refeita.
O mais importante que aconteceu com aquela família não foi Deus ter dado tudo em dobro, ou Jó ter tido outros dez filhos. Mas sim, que aquela família foi refeita a partir de uma NOVA REVELAÇÃO de Deus.
Veja o que ele diz no capítulo 42, versículo 5, antes de ter tudo em dobro: - eu te conhecia só de ouvir falar, mas agora seus olhos te vêem.
Nós contruímos nossa vida a partir da maneira como vemos a Deus. Se vemos a Deus como pequeno, teremos uma vida pequena. Se vemos a Deus como um Deus vingativo, construiremos uma família vingativa. Esse foi o maior presente de Deus para Jó - uma nova revelação de Si Mesmo.
Talvez sua família esteja perdendo tudo, talvez os problemas sejam tão grandes que você esteja perdendo os bens, perdendo os filhos, perdendo a saúde. Deus vai dar tudo em dobro? Pode ser que sim, pode ser que não, isso depende da Vontade Soberana D'Ele.
Mas existe uma coisa que Deus com certeza está ansioso para te dar, caso você esteja passando por essa situação: através dessa situação Ele quer te dar uma Nova Revelação sobre si mesmo, sobre quem Ele é. E não existe nada mais sublime que isso.
Sabe qual a maior bênção que aconteceu com a família de Jó? Aconteceu com ela o que está escrito em Oséias 6:3 - "Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor, como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia (chuvas da primavera) que rega a terra."
Você realmente entendeu esse versículo? Se conhecermos o Senhor e prosseguirmos nisso, Ele descerá sobre nós tão certo como o nascer do sol (a alva), comos as chuvas da primavera (serôdia) que nunca falham, e voltam a dar vida a tudo.
Com Deus, você reconstruirá o que for destruído quantas vezes for necessário, como fez com Jó.
É Deus quem faz tudo novo. Ele tem que estar no centro de seu relacionamento familiar. Aí tudo terminará bem. Sempre Ele. Toda Glória pois a Ele. Para todo sempre. Amém.
Vamos orar neste momento pelos casais; pelos pais; pelos filhos;
pelas famílias; pelos solteiros, viúvos, separados; pelos noivos e namorados. Venham aqui à frente.
(Mensagem ministrada na Igreja Batista Moriá pelo Pr. Conde no dia 24 de abril às 19:30hs)

2 comentários:

Aprendendo a Amar com Deus disse...

A paz muito bom e edificante seu espaço,vou estar sempre aqui pois tenho sido abençoada..

Helena disse...

Ola bom dia
acho a historia de Jó linda
procuro sempre sabedoria
nas historias da Biblia aonde Deus deixou como testemunho
para nós
seu blog é muito legal

LinkWithin

"Poderá gostar de:" Related Posts with Thumbnails