sábado, 26 de setembro de 2009

FILHOS DE DEUS OU SERVOS DE BELIAL?

Quando estava meditando o livro de I Samuel 1.1-17 para ministrar nessa tarde em um chá de bebê, coincidindo a história de Ana com o testemunho de vida do casal, algo na passagem me chamou a atenção para uma outra mensagem.
Não uma mensagem para outro chá de bebê, mas, para uma meditação no que Ana falou, e que nos faz ver em nossos dias muitas pessoas corrompendo a Verdade e profanando o que é Santo.
O versículo que me chamou a atenção foi I Samuel 1.16: "Não tenhas, pois, a tua serva por filha de Belial..."Mas o que é ou quem é Belial? Esta é uma expressão transliterada do hebraico e que significa perversão ou perversidade. Belial é, pois, a personificação do mal. Há muitos filhos de Belial por aí corrompendo a verdade e profanando o que é Santo.
Sempre que alguém na Bíblia é associado ao nome “Belial”, ele é visto como sendo ou fazendo algo que contraria a vontade de Deus. Veja o que diz em Provérbios 6:12-15: “O homem mau, o homem iníquo tem a boca pervertida. Acena com os olhos, fala com os pés e faz sinais com os dedos. Há no seu coração perversidade, todo o tempo maquina mal; anda semeando contendas. Por isso a sua destruição virá repentinamente; subitamente será quebrantado, sem que haja cura”. Aqui vemos sete características do “homem de Belial”, sendo o seu fim inevitável.
Hoje, infelizmente, o povo tem se cansado do Deus verdadeiro, não querem mais um Deus supremo que governa, mas um deus subalterno que está à sua disposição para atender às suas necessidades e os caprichos de quem não quer um compromisso sério.
Que deus é este? É um “deus minúsculo”, um deus que já existe, ele arrasta muitos pelo brilho das baladas, dos enganos, da prosperidade fácil, o seu nome é belial. Ele atende as vontades de muitos...
Quantos são os lideres que se entristecem quando veem muitos receberem a benção e depois virarem as costas para o Deus eterno, para servirem a belial...
Quantos líderes preocupados com suas vidas espirituais, ligam para o celular, o telefone, vão atrás deles, alertam, exortam, e muitas vezes, nem são mais recebidos em suas casas, em seus corações...
Até quando esqueceremos dos benefícios de Deus e de Sua mão estendida sempre a nosso favor..
Até quando nos envolveremos com tudo, menos com a comunhão do Senhor...
Ate quando buscaremos no mundo soluções loucas, e esquecemos que o seu Espírito Santo é quem nos consola e guia...
Até quando vamos buscar somente as bênçãos e sermos atendidos, e de forma ingrata virarmos as costas, e nos deleitarmos com prazeres que satisfazem apenas nossa carne, por alguns instantes... Até quando? Até quando?
Hoje vemos um evangelho banalizado, fé banalizada, “crentes” banalizados, porque crêem em um Deus pelo que Ele pode fazer e não pelo que Ele é...
Acaso Deus é um deus de servidão? Não somos nós os servos? Infelizmente tem muitos que não querem mais se identificar como servos de Deus, e acabam sendo servos de belial.
Quantos crentes vemos aí hoje comprando milagres, pagando valores exorbitantes em busca de prosperidade como se a igreja fosse uma casa lotérica, ou como se Deus fosse o gênio da lâmpada.
Quantas pessoas estão aí hoje, vivendo de aparência, usando mascaras no reino, quando na verdade estão longe de agradar o Senhor.
Quantos crentes que no inicio da jornada eram sinceros e por causa disso atraíram a glória de Deus, mas com o passar do tempo com a chegada da popularidade, dos amigos da sociedade, roubaram a glória de Deus e começaram a se auto-promover e se perderam ao longo do caminho.
Considerado entre muitos como “os famosos”, mas aos olhos de Deus sem a Sua devida glória, a perderam no meio do caminho, quando deixaram de olhar para o trono para olhar para si mesmos. Icabode, a glória se foi...
Porque a glória se foi?
Por causa da hipocrisia, da motivação errada. A glória se foi porque deixaram de fazer a vontade de Deus para fazer a própria vontade,
advogando em causa própria.
Homens tão adornados que chegam a ser patéticos para exibir suas roupas e seus carros de ultima geração.
Aparência de crentes mas filhos de Belial... Até quando?
Quantos crentes dentro das igrejas vivendo de aparência, parecem crentes, se comportam como crentes, mas são filhos de Belial.
Chega de usar Deus como um amuleto da sorte, é tempo de resgatar a glória de Deus. É preciso resgatar a glória de Deus. É preciso voltar ao primeiro amor.
E como faremos isso?
Reconhecendo que saímos do plano traçado pelo Senhor; Reconhecendo as motivações erradas do coração;
Buscando o Senhor, confessando e arrependendo.
Que essa meditação sirva de alerta para a sua vida. Deus te abençoe!

Um comentário:

Paulo Campos Jr disse...

É bem verdade que a grande maioria dos "cristãos" estão mais preocupados em resolverem seus problemas do que terem comunhão com Deus. Não sabem que tendo uma comunhão sincera, sem hipocrisia, agardarão ao Senhor e assim, Ele satisfará todos os desejos de seus corações.

O amor tem se esfriado em muitos e estamos no final dos tempos. não é de se admirar tantos milagres, visto que a Bíblia diz que o próprio satanás se faz de anjo de luz. É bom ficar alerta, mas não deixar de alertar os irmaus que brincam com Deus, se fazem de cristãos quando, na verdade, nada mais são do que filhos de belial.

Deus abençoe, muito bom seus textos, tenho acompanhado seu blog.

LinkWithin

"Poderá gostar de:" Related Posts with Thumbnails